10 filmes para assistir antes da sua viagem à Paris!

02/07/2016.Letícia.0 Likes.0 Comments
Home/Temas parisieníssimos/Encante-se/10 filmes para assistir antes da sua viagem à Paris!

Planejando sua viagem à Paris e gostaria de já entrar no clima com alguns clássicos do cinema que se passam na cidade? Ou é fã de cinema e de Paris? A combinação perfeita!

Esse é o nosso TOP 10 de filmes para assistir antes, depois da sua viagem e a qualquer momento da vida que quiser rever Paris, ou apenas apreciar belas histórias, fotografias, paletas de cores, trilhas sonoras, narrações com um toque especial e etc.

 Os cinéfilos podem dizer que a lista é clichê e só tem filmes dos anos 2000, mas acreditem – às vezes encontro amigos que vêm para cá e ainda não assistiram ao TOP 3, que para mim é essencial para se ter aquele gostinho da cidade e seu pózinho de encantamento, mesmo antes de pisar na cidade-luz!

10. O Pequeno Nicolau (2009)

Vem à Paris com crianças? Esta é uma ótima pedida para assistir ao lado dos pequenos.
História leve, divertida, com cenario retrô e super colorido – Acho esse filme uma graça!
Sem falar nos atores mirins, muito fofos e autênticos!

9. O Diabo Veste Prada (2006)

O mais hollywoodiano e pop da nossa lista, mas que afinal não poderia ficar de fora.
Além de ter a Meryl Streep e a Anne Hathaway no elenco, esse filme mostra pontos belíssimos da cidade, como a Fonte dos Rios (Fontaine des Fleuves) na Praça da Concórdia (Place de la Concorde).

8. Piaf – Um Hino Ao Amor (2007)

Filme-biografia de Édith Piaf uma das maiores cantoras francesas de todos os tempos – a qual teve uma vida bem agitada e um tanto trágica, antes e durante seu sucesso.
A atriz Marion Cotillard brilha neste papel, reproduzindo com muita fidelidade o comportamento e os trejeitos de Piaf, artista que é uma referência clássica da música francesa.

7. Coco Antes de Chanel (2009)

Filme-biografia da estilista Coco Chanel, desde sua infância e origem pobre, até o estabelecimento da marca Chanel, hoje líder do luxo e da alta costura.

Aqui, gostei muito de ver a Audrey Tatou – atriz bastante autêntica – atuando como Chanel, personalidade que sempre despertou muito interesse e curiosidade por toda a reviravolta que causou na moda e no guarda-roupa feminino.
Vale a pena conhecer mais sobre o seu trajeto até a fama, ainda que alguma críticas dizem que o filme não consegue transmitir toda a complexidade de sua vida.

6. Antes do Pôr-do-Sol (2004)

O segundo filme da trilogia de Richard Linklater, sequência do primeiro: Antes do Amanhecer – que eu tinha achado um tanto cansativo.

Com diálogos muito mais maduros e uma verdadeira reflexão sobre a vida vs. o amor, seus encontros e desencontros e os diferentes momentos pelos quais passamos, este filme me surpreendeu e gerou muita identificação na época em que o assisti. Sem falar das ruas de Paris como cenário principal, né?

5. Maria Antonieta (2006)

A sua visita ao Castelo de Versalhes será diferente depois deste filme sobre a rainha Maria Antonieta!

Sofia Coppola arrasou no bom gosto em todos os sentidos, desde a escolha de Kirsten Dunst para o papel principal à trilha sonora, que obtém destaque o tempo todo por ser moderna e impactante, destoando do período real em que a história aconteceu. Muito interessante a abordagem do filme sobre a vida na côrte e a história de Luís XVI e Maria Antonieta, que é baseada em um livro biográfico de Antonia Fraser, que tenta falar do lado mais humano da personagem foco.

E essa paleta de cores, gente? Uma das mais lindas e femininas do cinema, certamente!

4. Moulin Rouge (2001)

O filme mais vermelho de Baz Luhrmann, que dirigiu apenas 5 filmes, mas que todos se encontram na minha lista de favoritos!

Repleto de cores, sequências intensas, músicas e uma série de referências à belle époque, às cortesãs célebres de Paris, a Toulouse-Lautrec, ao absinto (ou fada verde) e ao romantismo; o resultado do filme é sedutor, envolvente e vibrante! Tanto, que depois você vai querer assistir a um espetáculo do cabaré do Moulin Rouge, quando estiver por aqui. E digo: vale a pena!

3. Meia-Noite em Paris (2011)

Eu sei, nem todos têm paciência para as comédias românticas fantasiosas de Woody Allen!
Mas, aqui o cenário chega a ser irritante de tão perfeito, bem enquadrado e destacando todo o charme de Paris com exaustão. Para amantes dos anos 20, dos escritores americanos que viveram na Paris do pós-guerra (Hemingway, Fitzgerald), de surrealismo (Dalí, Buñuel) e até mesmo da belle époque; este filme é fundamental!

2. Paris, Te Amo (2006)

Obra-prima fantástica e imperdível!

Imagine reunir mais de 20 diretores em um único filme? Dentre eles, Wes Craven, Gus Van Sant, Walter Salles e Alfonso Cuarón. E é assim que através de 21 curtas, viajamos pelos bairros de Paris, vivenciando as diferentes estórias sobre ele: o amor! Tudo isso contando com a participação de atores como Natalie Portman, Juliette Binoche, Elijah Wood e Willem Dafoe.
A iniciativa deu tão certo, que em 2008 foi lançado o “Nova York, Te Amo”, seguindo a mesma linha.

1. O Fabuloso Destino de Amélie Poulain (2001)

Sinestésico, melhor fotografia, iluminação e sobreposição de cores de todos os tempos!
Fico até sem palavras para escrever sobre este filme de Jean-Pierre Jeunet, que acho que nunca deixará de ser meu favorito!
Interessante é perceber o quanto ele toca algumas pessoas, deixando outras indiferentes. Só sei que há hoje em Paris, toda uma peregrinação de fãs no bairro de Montmartre, para visitar os locais de filmagem.

Poderia resumí-lo em uma palavra: sensibilidade. Aqui é preciso ter outro olhar, para sentir as cores, os sons e todos os seus estímulos, disfarçados por trás de uma estória teoriamente romântica e personagem ingênua.

Ah! E você sabia que a paleta de cores do filme – predominantemente vermelha e verde – foi inspirada nas obras de Juarez Machado, um pintor brasileiro que mora em Paris? Como não amar ainda mais?

Tags: #Filmes

Add comment

© 2016 Parisieníssima - Todos os direitos reservados.