O bistrô em Paris que todo fã de Tarantino deveria conhecer

29/04/2016.Letícia.0 Likes.0 Comments
Home/Temas parisieníssimos/Explore/O bistrô em Paris que todo fã de Tarantino deveria conhecer

E é nessa esquina discreta – em um bairro nada frequentado por turistas – que encontramos o bistrô mais cinematográfico de Paris: o Bistrot La Renaissance.

E como o título do post já te contou (spoiler!) – Você sabe dizer em qual filme de Quentin Tarantino aparecem exatamente essa mesa, banco e vitral?

Não?

Vamos relembrar esta cena então:

Simmm! Bastardos Inglórios (Inglourious Basterds, 2009)!!!

Nossa querida Shosanna, interpretada pela ultra talentosa Mélanie Laurent – nesta cena disfarçada de Emmanuelle Mimieux, contracenou neste local ao lado de Daniel Brühl – outro ator sensacional – no papel do soldado nazista Fredrick Zoller.

Mas não é à toa que Tarantino escolheu este bistrô como cenário. Inaugurado em 1903, este lugar tem todo um charme de época acolhedor e despretencioso, com sua decoração misturando influências art-nouveau e art-déco, seja nos vitrais floridos, no balcão de madeira e mármore que nos convida, nas colunas barrocas e no teto dourado. Os donos atuais garantem que nada foi alterado desde 1920 e que apesar da fama entre cineastas, o local consegue se manter “um restaurante de bairro”, tranquilo e com uma atmosfera um tanto peculiar.

Ao todo, são 10 os filmes longa-metragem que tiveram cenas gravadas aqui. A maioria deles, clássicos do cinema francês como: Le Mouton Enragé (1974) de Michel Deville (participação de Jane Birkin), Les Ripoux (1984) de Claude Zidi, La Petite Voleuse (1988) de Claude Miller (participação de Charlotte Gainsbourg), The Voyager (1991) de Volker Schlöndorff (participação de Julie Delpy) e Fanfan (1993) de Alexandre Jardin (participação de Sophie Marceau). E sendo bem sincera, eu não assisti a nenhum deles ainda.

Um que fica para a minha lista de próximos filmes a assistir depois desta visita é o franco-canadense Le Sang des Autres (1984) ou A Vida do Próximo (no Brasil), de Claude Chabrol (com a participação de Jodie Foster). Adaptação da obra de Simone de Beauvoir de mesmo nome, a estória retrata os anos em que Paris foi ocupada pelos exércitos nazistas na Segunda Guerra Mundial – assim como no Bastardos Inglorios – sob a perspectiva de Hélène (Jodie Foster), uma mulher que se vê dividida entre o amor de dois homens de lados opostos da guerra.

No quesito comida, o cardápio oferece as opções clássicas de um bistrô parisiense – saladas, carnes com acompanhamentos simples e sobremesas. Eu como queria algo light, provei uma salada com queijo de cabra e bacon – bemmm leve – que estava ótima e muito bem servida!

Espero que você – sendo cinéfilo ou não – tenha gostado da dica!

+Info útil:

Bistrot La Renaissance

112, rue Championnet – 75018 Paris

Metrô: Jules Joffrin (linha 12)

Aberto das 8h às 2h – todos os dias

 

Add comment

© 2016 Parisieníssima - Todos os direitos reservados.