Paris com crianças? Temos uma dica de passeio para surpreender qualquer adulto!

22/05/2016.Letícia.1 Like.0 Comments
Home/Temas parisieníssimos/Explore/Paris com crianças? Temos uma dica de passeio para surpreender qualquer adulto!

Isso mesmo que você leu! A dica de hoje é para um passeio com crianças em Paris, mas que divertirá e encantará ainda mais os adultos.

Imagine um lugar com diversos galpões e salas cheias de surpresas, onde em cada uma delas você é transportado para um local e época diferentes. E o melhor, você visitante é convidado pelos guias – verdadeiros comediantes – a interagir com cada ambiente e se divertir o máximo que puder!

Esse é o Musée des Arts Forains ou Museu das Artes de Diversão, em uma tradução bem improvisada e adaptada, uma vez que a palavra “forain” deriva do termo “fête foraine”, que é o nome dado em francês para aqueles parques de diversão itinerantes.

E é nesse ambiente dourado, prateado, colorido, florido, cheio de plumas, espelhos, madeira e música, que voltamos no tempo através de uma experiência extremamente lúdica e envolvente, que reproduz com muita fidelidade a atmosfera de um parque de diversão típico europeu do período de 1850 a 1950, que abrange a belle époque, quando essas festas ou parques vieram ainda mais à tona.

Tudo isso só é possível graças à Jean-Paul Favand, antiquário de formação, que após garimpar todos esses brinquedos e objetos desde 1972, decidi abrir ao público em 1996 sua coleção pessoal, nos  Pavilhões de Bercy – região onde na época de Louis XIV (século 17), iniciou-se o comércio e armazenamento de vinhos, que chegavam em Paris pelo rio Sena, originários principalmente da Borgonha.

Mas acho que talvez você já tenha visto esse lugar em algum filme, não?

Quem é fã de Woody Allen ou do “Meia-Noite em Paris”, vai se lembrar da cena na qual o casal Fitzgerald oferece uma super festa, onde aparecem Gil, Adriana, Hemingway e Juan Belmonte conversando em frente a um manège ou brinquedo, uma espécie de carrossel de bicicletas que deixa qualquer um com vontade de pedalá-lo.

E sim, isso é possível!!! Esse carrossel – que é o ponto alto da visita, eu diria – data de 1897, mas ainda funciona e foi praticamente feito para a diversão dos adultos. Acredite – essa coisa vai bem rápido!!! Crianças podem ir sentadas de acompanhantes, como o meu filho de 1 ano e meio que se divertiu e muito no colo do pai.

Claro que antes disso tivemos passeio de gôndola em Veneza, voltas em um outro carrossel embalado à músicas clássicas francesas, um show de ópera feito por bonecos, entre outras atrações.

E depois disso, dançamos em um baile, brincamos de peão – numa mesa que mais parecia um tipo de pebolim antigo – e competimos numa corrida de cavalos muuuito animada!

Posso dizer aliás, que este foi o ponto alto da visita para o marido.

Para encerrar, eu indico fortemente este passeio para todo mundo! Seja na companhia de crianças – de qualquer faixa etária – ou não, este é um daqueles lugares que não deixa ninguém indiferente.

Mesmo que as visitas-guiadas em sua maioria sejam realizadas em francês, eles entregam um folheto com as explicações e histórias em inglês. E caso você não fale nenhuma das duas línguas, eu ainda recomendaria o passeio, pois o lugar em si tem uma magia própria e os guias são bastante profissionais e acostumados a ambientar os turistas.

Para mim, um “must-do” para quem procura sair do roteiro típico em Paris e levar uma linda lembrança da viagem!

+Info útil:

  • Musée des Arts Forains
    53 Avenue des Terroirs de France – 75012 Paris
    Metrô: Cour Saint-Émilion (linha 14)

     

  • Possibilidade de visita somente alguns dias do mês, sob reserva – Visitas guiadas de 1h30.

     

  • Para consultar a agenda das visitas e reservar seu ingresso, acesse: http://www.arts-forains.com/index.php?pages=billetterie

Ingresso adulto: 16 euros
Ingresso criança (de 4 a 11 anos): 8 euros – gratuito para menores de 4 anos.
Para maiores informações: infos@pavillons-de-bercy.com
Site oficial: http://www.arts-forains.com/

Add comment

© 2016 Parisieníssima - Todos os direitos reservados.